advogado criminalista

Precisa de um advogado?

Ligue (51) 99924-3676

Atendimento 24 horas.

Preciso de advogado se for intimado na delegacia?

intimado na delegacia
Atender a uma intimação e comparecer na delegacia sem um advogado pode custar caro.

Imagine que você é intimado à comparecer na delegacia e se pergunta: “e agora, preciso contratar um advogado?

A resposta é: Depende.

Na maioria das vezes (para não dizer em todas), quando uma pessoa recebe uma intimação da delegacia de polícia, fica sabendo apenas da data e hora que deverá comparecer.

Ainda que você pergunte do que se trata, possivelmente receberá como resposta apenas que é para “prestar esclarecimentos” sobre determinada situação que aconteceu.

É comum não informarem o nome dos envolvidos ou o porquê de você estar sendo intimado, se é suspeito de ter praticado algum crime ou se alguém o indicou como testemunha.

É justamente por isso que consideramos essencial – e altamente recomendado – que se entre em contato com um advogado criminal antes de comparecer a qualquer delegacia.

Acredite, tem pessoas que entram para prestar esclarecimentos e saem direto para o presídio.

Intimado como testemunha

Como testemunha, não é obrigatória a presença de um advogado, apesar de ser bastante recomendado. 

Isso porque a depender do caso, a situação pode transformar testemunha em investigado ou, ainda, pode ocorrer de no seu depoimento não constar exatamente o que você disse, com as suas palavras. 

Você pode até estrar tranquilo em ir sozinho prestar esclarecimentos. Mas ao sentar na frente da autoridade policial pode ficar nervoso e não se expressar bem.

Além disso, alguns policiais possuem o mau hábito de pressionar as pessoas em busca de informações, ainda que não saibam nada a respeito.

 

Intimado como suspeito

Por outro lado, se for intimado como suspeito ou investigado, é indispensável o acompanhamento por um advogado, pois será ele que buscará ter acesso aos documentos para verificar do que se trata a investigação.

Por exemplo: se o procedimento está de acordo com a lei (isso é, se não é uma investigação ilegal ou sem fundamentos) ou até mesmo se há mandado de prisão (obviamente você não será informado disso pela polícia no telefone). 

Existem várias situações em que juízes determinam a prisão preventiva ou temporária de um investigado sem fundamentação adequada. O suspeito, sem saber, acaba indo até a delegacia e acaba preso, ficando muitas vezes recolhido por meses até conseguir um alvará de soltura.

 

Conclusão

Enfim, é importante ter em mente que o advogado criminal possui a experiência necessária para saber como proceder. Às vezes o silêncio é a melhor opção. Nesses casos, estar acompanhado de um profissional garante que seu direito não seja violado.

Consultar um advogado especializado em direito penal é essencial para obter aconselhamento jurídico personalizado e enfrentar o processo penal com confiança.

Conte sempre com um advogado criminal de sua confiança para lhe ajudar no processo.

E se ficou com alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato com a gente pelo WhatsApp clicando aqui!

 

Confira também:

Fui preso em flagrante. Devo prestar depoimento?

O que é termo circunstanciado? 

Levaram meu filho preso, o que eu faço?

 

Maike Barbosa

Maike Barbosa

Advogado Criminal. +10 anos de experiência. Pós-graduado em Direito Penal e Criminologia pela PUCRS. Vice-Presidente da comissão de Direito Penal da OAB/NH.

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe em suas redes!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Categorias

Ficou com alguma dúvida?

Entre em contato!

Redes

Advogado Criminalista em Campo Bom

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades